No Brasil, incidência da tuberculose caiu 24% em sete anos

Esta terça-feira é o Dia Mundial da Tuberculose. No Brasil, a incidência da doença caiu mais de 24% em sete anos. O anúncio foi feito ontem pelo ministro da Saúde José Gomes Temporão. O balanço realizado com dados de 2002 a 2007 mostra que o número de mortes caiu 31% no período.

Mas a diminuição no número de mortes e de pessoas contaminadas pela tuberculose não quer dizer que o País pode comemorar. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2007, foram registrados 72 mil novos casos e a média nacional é de 38 casos para cada cem mil habitantes.

A tuberculose tem cura, mas o tratamento precisa ser feito até o fim, como explica o coordenador do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, Dráurio Barreira. “É extremamente importante que esse tratamento seja feito pelo período inteiro, porque os sintomas regridem com duas semanas em média. E com muita gente acha que já está curada e para de se tratar, tornando a tuberculose mais resistente às drogas convencionais”.

O coordenador conta ainda que o combate à tuberculose foi incluído como uma das prioridades do Ministério da Saúde em 2003. A expectativa é que até 2015o País consiga reduzir pela metade o número de casos da doença. (Ministério da Saúde)