Corumbá amplia estrutura para atender pacientes com dengue

A Prefeitura de Corumbá está com estrutura ampliada para atendimento a casos de dengue na região. Além do Hospital de Caridade e do Pronto Socorro Municipal, a Secretaria Executiva de Saúde Pública está disponibilizando todas as unidades de saúde para hidratação dos pacientes, além do estabelecimento de regime de plantão aos sábados e domingos através das unidades da Nova Corumbá (dr. Paulo Maissato), do Cristo Redentor (Fernando Moutinho) e o Ambulatório Municipal localizado ao lado do Pronto Socorro.

É o que informa o secretário executivo de Saúde Pública, Cleber Colleone. Conforme ele, a orientação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) é dotar todas as unidades de condições necessárias para receber pacientes com dengue, em caso de necessidade de hidratação, evitando assim, superlotação do Pronto Socorro e do próprio Hospital de Caridade, único existente na região e que atende não só a população corumbaense mas também de Ladário e das cidades bolivianas de Puerto Quijarro e Puerto Suarez.

O secretário informou ainda que novo levantamento aponta um total de 152 casos confirmados de dengue na região, além de 1.104 notificações suspeitas, grande maioria no bairro Popular Velha.

As ações de combate à doença continuam intensas na cidade, bem como em Ladário e nas cidades bolivianas localizadas na fronteira. Hoje, quinta-feira, seis equipes integradas por agentes de endemias e de saúde, estão trabalho localidades dos bairros Aeroporto e Previsul. Amanhã, dia 13, será no Dom Bosco e no Centro América. Sábado, as ações acontecem no Generoso e na localidade São Vicente, na Popular Velha.

Os trabalhos se resumem a eliminação de focos, orientação aos moradores e até encaminhamentos de pessoas com suspeitas da doença. Segundo Colleone, é uma verdadeira força tarefa, para fazer com que a população se engaje realmente nos trabalhos de combate à dengue.

Os agentes estão também notificando moradores que não estão fazendo o dever de casa. São orientados a fazer limpeza de seus terrenos ou dos quintais de suas residências e, caso não atendam, estão sujeitos a multas, aplicadas pelas equipes da Vigilância Sanitária.

Além do trabalho dos agentes nos bairros corumbaenses, a Prefeitura está executando borrifação em todas estas localidades, com auxílio de quatro veículos e apoio da Secretaria Estadual de Saúde.

Cleber Colleone adiantou que três veículos estão atuando diretamente em Corumbá e Ladário. Um quarto atende diretamente as duas cidades bolivianas. As aplicações acontecem no início das noites e logo nas primeiras horas da manhã. Além disso, acontece também borrifação com uso de bombas costais em localidades de difícil acesso.

Na luta contra a doença, a Prefeitura implantou também o disque dengue (0800 647-2255). A ligação é gratuita e a população pode denunciar casos de pessoas que não estejam contribuindo com a limpeza, mantendo seus quintais e terrenos sujos, com focos da doença. Até o final da tarde de ontem, mais de 60 pessoas já haviam utilizado o sistema, principalmente para denúncias.