Biffi comemora doação de terreno para Instituto de Educação

“A construção do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia, em Corumbá, vai colaborar significativamente para a mudança do perfil econômico do município e também da região”. A avaliação é do deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT/MS), responsável pela consolidação da ação, que, no início da semana, após solenidade realizada entre o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha, e o reitor pró-tempore do CEFET-MS, Marcus Aurélius, comemorou a doação do terreno onde o governo Lula, através do Ministério da Educação (MEC), construirá a unidade.

“Após esse importante passo, conclamo a sociedade corumbaense para se mobilizar e participar da estruturação do projeto pedagógico, sugerindo principalmente, a criação de cursos que resultem em uma nova perspectiva para a economia da região, com destaque para setores como gás, minério, turismo, meio ambiente e agronegócio”, explicou Biffi.

Atualmente, em parceria com o Senador Delcídio do Amaral (PT/MS), o deputado Biffi trabalha, junto ao governo federal, na liberação de recursos para a consolidação das escolas técnicas e nomeação do corpo técnico que irá coordenar todo o processo de implantação das unidades.

História 

O deputado federal Antônio Carlos Biffi, através da sua atuação na Comissão de Educação e Cultura, da Câmara dos Deputados, foi o relator do projeto que permitia a construção de 150 escolas técnicas em todo o país e o término das obras de 64 unidades que não foram concluídas durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Aprovado o projeto, Biffi foi o responsável pela indicação de seis Escolas Técnicas Federais em Mato Grosso do Sul, nos municípios de Campo Grande, Corumbá, Aquidauana, Ponta Porã, Coxim e Três Lagoas, além de encaminhamento de recursos para o término das obras da Escola Agrotécnica Federal de Nova Andradina. A meta do Governo Federal é inaugurar todas as unidades até o término de 2010.