Ruiter define repasse para entidades carnavalescas de Corumbá

 Prefeitura de Corumbá

  

 Ruiter destacou esforço da Prefeitura e pediu “belo espetáculo” carnavalesco  

A Prefeitura de Corumbá definiu hoje, 09 de fevereiro, o valor total dos recursos financeiros que serão repassados aos cordões; blocos e escolas de samba. O anúncio foi feito pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) durante reunião com representantes das entidades carnavalescas no auditório da Secretaria Executiva de Educação, na sede do Paço Municipal. Ao todo, incluindo verbas da Prefeitura e Governo do Estado, as agremiações terão direito a R$ 450 mil.

O prefeito explicou aos participantes do encontro que o Executivo Municipal trata o Carnaval como um “investimento” que permite “potencializar” as qualidades da região através da divulgação do Pantanal e Corumbá para todo o Brasil. “O carnaval é uma vitrine para a cidade”, destacou. Ele informou que o evento deste ano será filmado e terá um compacto transmitido para todo o Estado. Futuramente os desfiles de rua podem ser transmitidos ao vivo para Mato Grosso do Sul.

Mesmo com a crise financeira global, que já trouxe queda na receita do município, Ruiter explicou que a Prefeitura buscou “atender às necessidades do carnaval” fazendo os investimentos “sem prejuízo aos demais segmentos da cidade”. Diante do esforço empreendido pelo Executivo Municipal para garantir recursos às agremiações, Ruiter pediu comprometimento de escolas; blocos e cordões em fazer um “belo espetáculo”.

“Precisamos desse apoio, de todos vocês, para fazermos um carnaval belíssimo que agrade nossa população e quem nos visita. É um compromisso com Corumbá, com o carnaval e com a tradição e cultura de nossa gente”, afirmou. Segundo o chefe do Executivo local, o Município está trabalhando a “força do carnaval corumbaense nos desfiles de ruas de escolas de samba; cordões e blocos”.

Além dos recursos do Governo do Estado, o Ministério do Turismo, por intermédio do senador Delcídio do Amaral (PT), também destina verba para a Folia de Momo corumbaense. A quantia (R$ 200 mil) será empregada na infraestrutura do evento. “Vamos a Brasília para tentar mais recursos”, disse Ruiter ao informar da viagem à capital federal nesta segunda-feira. O segundo repasse da Prefeitura será liberado às entidades carnavalescas ainda esta semana.

Pelo somatório dos recursos a Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco) receberá R$ 300 mil (sendo R$ 180 mil da Prefeitura); a Liga Independente dos Blocos Carnavalescos de Corumbá (Liblocc) R$ 100 mil (sendo R$ 70 mil da Prefeitura) e R$ 50 mil aos Cordões. A Prefeitura garantiu aditivo de 20% para as entidades carnavalescas em comparação ao ano passado.

Acompanharam a reunião a presidente da Fundação Especial de Cultura e Turismo, Lígia Baruki; o superintendente de Turismo, José de Carvalho Júnior, e o secretário de Relações Institucionais, Carlos Porto.