Folião, Ruiter destaca o Carnaval como resgate da cultura

  Marcos Boaventura

  
Ruiter no desfile da Mocidade. Antes, já tinha descido a avenida pela Caprichosos

Depois de desfilar pela Caprichosos, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira volta à passarela pantaneira do samba, desta vez pela Mocidade Independente da Nova Corumbá, terceira escola a se apresentar nesta primeira noite de desfile das Escolas de Samba de Corumbá. Antes de retornar a condição de folião, o chefe do executivo municipal veio até o camarote montado especialmente para a imprensa que cobre a melhor Folia de Momo do Centro-Oeste brasileiro.

Em uma rápida entrevista coletiva, Ruiter destacou a festa de Momo como resgate da cultura corumbaense. “O Carnaval de Corumbá é muita alegria, muita festa, muita animação, e, principalmente, o orgulho do corumbaense em falar de nossa tradição, da nossa alegria e da nossa potencialidade que é o Carnaval”, declarou.

“O Carnaval a cada ano que passa está se profissionalizando, se qualificando e cada vez mais vai trazer pessoas a Corumbá”, continuou o prefeito. Questionado sobre a crise mundial, ele foi enfático: “Temos o bloco que é o Sandálias de Frei Mariano. Ele tem um refrão que diz xô, chispa coisa ruim. E nós estamos combatendo esta crise com isso. Com muita ousadia e com a criatividade do povo corumbaense e das agremiações”, afirmou

“Crise não é uma palavra infinita. Ela tem fim. Temos que ter determinação para superá-la. E Corumbá está mostrando isso. Tem vontade de fazer e vamos trabalhar cada vez mais para termos a melhor folia do Brasil central”, complementou.

Sobre a agenda de amanhã para o Carnaval 2009, Ruiter manteve o suspense. “A previsão para amanhã é não sair em nenhuma escola. Mas isso até às 5 horas da tarde, depois disso fazemos o que a vontade determinar”, finalizou.