Exposição de fotos mostra a tradição do carnaval corumbaense

 Prefeitura de Corumbá

  
Exposição fica aberta ao público até 22 de fevereiro

A alegria e brilho do carnaval corumbaense está registrada na Exposição Fotográfica “Carnaval de Todos os Tempos”, aberta na noite de ontem, quarta-feira, na Estação Natureza da Fundação O Boticário, em Corumbá. São mais de 700 fotografias que registram a folia corumbaense desde 1910 até os dias atuais.

A abertura da exposição marcou o início do carnaval de 2009 na Cidade Branca, realizado pela Prefeitura Municipal, com apoio do Governo do Estado, do Governo Federal e Ministério do Turismo. A mostra, que tem apoio da Fundação O Boticário, fica aberta ao público até o dia 22 de fevereiro.

Durante a semana, a exposição acontece das 8h às 12h e das 14h às 18h. Aos sábados (14/02 e 21/02) o horário de visitação será apenas no período vespertino, das 14h às 18h. No dia 22, domingo, a visita acontece das 8h às 12h.

A solenidade de abertura aconteceu no início da noite desta quarta-feira e contou com as presenças do secretário Cássio Augusto da Costa Marques, de Gestão Governamental (representou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, em viagem); da presidente da Fundação Especial de Cultura e Turismo, Lígia Baruki; da superintendente Heloisa Helena da Costa Urt, Cultura; José de Carvalho Junior, Turismo; Gustavo Gaertner, gestor da Estação Natureza, além de outras autoridades.

Para Heloisa Urt, a exposição, além de registrar a história do carnaval corumbaense, está sendo uma oportunidade para os jovens conhecerem um pouco mais da folia na cidade, bem como “descobrirem até parentes, alguns que nem chegaram a conhecer, que faziam a festa de antigamente”.

Explicou que, no local, estão expostas cerca de 700 fotografias, parte do acervo da Fundação de Cultura, que contam com mais de duas mil fotografias. Helô já adiantou que, no decorrer do ano, vai se aprofundar ainda mais na história do carnaval corumbaense, buscando novos registros fotográficos, ampliando o acervo.

E não são apenas fotografias que estão expostas na Estação Natureza. Há também jornais do século passado; reprodução de revistas e de livros, inclusive Corumbá Figura e Fatos, de 1963, lembrando a famosa frase do escritor Renato Baez, “nenhuma cidade mato-grossense onde se festeja o Reinado Momesco tem um passado histórico mais rico e brilhante do que o de Corumbá”.

Montada pela Fundação Especial de Cultura e Turismo, através da Superintendência de Cultura, a mostra reúne documentos raros cedidos pela comunidade corumbaense, e da própria Fundação. Este é o quinto ano consecutivo que a Prefeitura realiza a exposição, mostrando as cores, alegria, os antigos e atuais foliões; as tenoras dos anos 30; antigos cordões, blocos, o carnaval nos clubes, enfim, um verdadeiro retrato do passado e da folia atual.