Empolgante, corumbaense anima campanha pela Copa de 2014

 Edinho Neves

  
Ruiter, Assad e Clavijo: Pantanal brasileiro e boliviano unido pela Copa

A alegria típica dos corumbaenses ajudou a animar a empolgante recepção que foi feita nesta terça-feira em Campo Grande à Comitiva de Inspeção da Fifa e aos integrantes do Comitê Organizador da Copa 2014, como parte da avaliação da candidatura da Capital de Mato Grosso do Sul a subsede do maior evento esportivo do mundo.  A comitiva chegou à cidade às 15h e foi recebida por uma multidão, entre elas 200 pessoas que foram de Corumbá, com direito a representantes do melhor carnaval do Centro-Oeste.

O prefeito  Ruiter Cunha de Oliveira também participou, acompanhado do prefeito de Ladário, José Antônio Assad Faria, e do prefeito de Puerto Quijarro, Aldo Clavijo. Ruiter considerou que a mobilização que os corumbaenses ajudaram a fazer foi impressionante, com milhares de pessoas no trajeto feito pela comissão, e que ela pode sensibilizar a Fifa de que Mato Grosso do Sul é uma boa escolha para receber os jogos. Mais uma vez, o corumbaense emprestou sua alegria tão típica para uma ocasião tão importante”.

Além da empolgação com a Copa demonstrada pelo povo, Ruiter lembrou que os representantes da organização do evento vão levar em conta um forte atrativo, que é o Pantanal. “Vamos poder divulgar nossas belezas para muito mais gente, no mundo todo”.

A proximidade com a Bolívia é outro fator citado pelo prefeito para fortalecer a candidatura de Mato Grosso do Sul. Ao lado dele no evento, o prefeito de Puerto Quijarro disse que os bolivianos, que também são fãs de futebol, torcem para que o Estado seja escolhido, pois o acesso será muito mais fácil para os torcedores.

Ao falar com a imprensa sobre a visita a Campo Grande, o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, que integra o comitê organizador do evento, citou que o apoio popular será levada em conta quando da escolha dos locais onde serão realizados os jogos, embora tenha reforçado que a análise é técnica.

Teixeira confirmou ainda a intenção da Fifa de que a Copa abranja várias regiões do País,  entre elas a Amazônia e o Pantanal.  Presente ao encontro, o senador Delcídio Amaral, que é de Corumbá, se mostrou animado, e disse que, como amigo pessoal de Ricardo Teixeira, está se esforçando para assegurar que Mato Grosso do Sul sedie  jogos da Copa e, dessa forma, tenha investimentos e geração de renda com a vinda de turistas do mundo todo.

A decisão da Fifa sobre quais serão as 12 cidades que receberão jogos da Copa no Brasil sai até o fim do mês de março.