Antônio Galã diz que integração política é exigência popular

 Prefeitura de Corumbá
  

 Galã destacou a capacidade de articluação do prefeito Ruiter

O presidente da Câmara Municipal de Corumbá, Antonio Viana de Almeida, o “Galã” (PT), afirmou que o alinhamento político entre os poderes Legislativo e Executivo é hoje uma das principais exigências da população corumbaense. “Tanto nós vereadores quanto o próprio prefeito somos funcionários da população. Por isso, devemos essa integração para o povo”, declarou o vereador após a sessão solene que marcou o início do ano legislativo, realizada na noite desta segunda-feira.

Galã também destacou a capacidade de articulação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira. “O prefeito sabe fazer bem isso. Temos a mesma ideologia política e vamos buscar essa integração”, disse. “Tenho orgulho do companheiro Ruiter Cunha, que foi reeleito com 80% dos votos. Isso prova que não existe vontade única que sobreponha da maioria”, complementou o vereador.

Segundo o presidente do Legislativo, a modernização da Câmara e o fomento da participação popular serão os grandes objetivos de sua gestão.  “Vamos modernizar, chamar a população para se integrar no poder Legislativo. Vamos andar para frente, sem olhar no retrovisor e tentar alavancar a credibilidade dessa casa diante da sociedade. Vamos buscar através de pesquisas quais são os anseios da população para que todos participem efetivamente dos projetos dessa Casa”, declarou.

Na sessão solene, o vereador João Bosco da Silva e Souza falou em nome dos eleitos para o primeiro mandato. “Os 11 vereadores lutaremos com todas as forças para mantermos a independência e a harmonia entre os poderes”, disse em seu discurso. Bosco ainda destacou os trabalhos desenvolvidos nas áreas da educação, assistência social e da estrutura durante o primeiro mandato da atual administração.

A mesa diretora da Câmara para o biênio 2009-2010 é composta por Antônio Galã (PT) como presidente; o petista Carlos Alberto Machado, na vice-presidência; Rogério Cândia (PTB), segundo vice; Antônio Rufo Vinagre (PR), primeiro secretário, e João Bosco da Silva e Souza, também do PT, como segundo secretário. Todos são da base aliada do Governo de Ruiter Cunha.