A Pesada faz uma viagem pelo universo de Monteiro Lobato

  Marcos Boaventura

  
A Pesada desfila no domingo de olho no grupo de elite

Segunda escola a desfilar na avenida General Rondon no domingo de Carnaval, 22 de fevereiro, O Grêmio Recreativo e Escola de Samba A Pesada recorre ao universo mágico e mítico de Monteiro Lobato para retornar ao grupo especial da Folia corumbaense.

Os mil componentes que a agremiação promete levar para a Passarela do Samba vão proporcionar uma viagem pelas “reinações de Narizinho”, habitante do mundo do escritor brasileiro José Bento Monteiro Lobato, criador do Sítio do Picapau Amarelo. Na avenida, ao alcance dos olhos, estarão Emília, Cuca, Dona Benta, Pedrinho, Visconde e Tia Nastácia passando apresentando o mundo da sabedoria e conhecimento proporcionado pela educação e cultura.

Ficha técnica

Presidente: Neidival Colombo
Fundação: 6 de janeiro de 1970
Cores da escola: Azul; amarelo; rosa e branco
Samba-Enredo: Exaltação à Cultura – Um Tributo a Monteiro Lobato
Composição: Paulo César UIG
Interprete: João Batista e Erivelton
Carnavalescos: Jô e Betinho
Classificação em 2008: 4º lugar
Componentes: 1000
Alas: 10
Carros Alegóricos: 4
Bateria: 100
Rainha de Bateria: Sâmia
Mestre-Sala: Júnior
Porta-Bandeira: Maísa
Contato: 9222-9029

Conheça a letra do samba da A Pesada

Exaltação à Cultura – Um Tributo a Monteiro Lobato
Composição: Paulo César UIG
Interprete: João Batista e Erivelton

E lá vem ele feliz,
Fazendo travessuras outra vez, como sempre fez
Vocês vão saber, é pererê, é pererê é pererê (bis)
É o saci pererê

Pesada hoje exalta a cultura e faz da literatura
Passarela da emoção

Sai pra lá catiça de urubu
No livro dos Urupês eu era Jeca Tatu
Hoje eu sou Jeca sim senhor
Sou do campo, sou da roça, honesto e trabalhador
Vejam os meus filhos são letrados
O que menos é estudado
É um grande professor

Pra colher o que plantei, vejam só quem convidei
A Emília tagarela com Visconde de Sabugosa
Vem trazendo na gamela o conde Rabicó
Dona Cuca sem maldade no coração
Vem trazer tio Barnabé cheio de emoção
Dona Benta e Anastácia com Pedrinho e Narizinho
Vem no pique da canção

Inhéque, inhéque, inhéque o poeta escreveu
Monteiro Lobato o tributo é seu
Inhéque, inhéque, inhéque, ouro negro na avenida
Pesada é cultura e cultura é bom pra vida