Prefeitura estabelece parceria com Fiems para implantação da ZPE

 Divulgação Fiems

  
Encontro na Fiems foi nesta terça-feira à tarde

A Prefeitura de Corumbá conquistou importante apoio em Campo Grande, para a implantação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) na cidade. Nesta terça-feira, 20, a Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems) sinalizou positivamente e será parceira na estruturação da ZPE, que deverá atrair novas indústrias à região, fomentando o desenvolvimento não só de Corumbá e Ladário, mas também de todo o Mato Grosso do Sul.

O assunto foi discutido durante uma reunião do secretário Cássio Augusto da Costa Marques, de Gestão Governamental, com o presidente da Fiems, Sérgio Longen. “A Fiems é o parceiro ideal para trabalhar em parceria com a prefeitura de Corumbá desenvolvendo a região e o Estado por meio da ZPE, porque conhece a capacidade de cada empresa em potencial e terá habilidade na captação desses investidores para que juntos, administração municipal e iniciativa privada, tornarmos a ZPE realidade”, explicou.

Cássio informou que a orientação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) foi justamente buscar entendimentos com instituições como a Fiems e com o Governo do Estado, para “efetivamente ocorrer a implantação da ZPE”. Lembrou que, antes do encontro com a diretoria da Fiems, manteve contatos com a secretária Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo, para tratar da questão jurídica.

“Na década de 90, uma empresa foi criada para administrar a ZPE de Corumbá. Antes de realizar qualquer ação, no sentido de retomar o projeto, precisamos de um levantamento da situação jurídica e a secretária Tereza Cristina já se comprometeu em levar a urgência da petição ao governador”, informou Cássio. A empresa criada pelo Governo do Estado, na década de 90, foi a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso do Sul (Codems).

O encontro contou com a participação do deputado estadual Paulo Duarte (PT) que destacou o apoio da Fiems em apoiar um projeto que vai transformar a economia corumbaense, gerando emprego, renda, o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

Sérgio Longen, além de confirmar a parceria, destacou que a “missão da Fiems é trabalhar pelo desenvolvimento do Estado e nesse sentido vamos empenhar esforços. Vamos estudar a legalidade da situação atual da ZPE para prospectar investidores”, ressaltou Longen.

Pólo gásquímico

Outro assunto tratado em Campo Grande foi a implantação do pólo gásquímico, cujo projeto está sendo retomado pelo governo federal e ganhou força com a vinda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na semana passada a Corumbá. O pólo foi uma das solicitações do prefeito Ruiter Cunha, inserido na carta entregue a Lula e ao presidente boliviano Evo Morales, assinada por ele e pelos prefeitos José Antônio Assad e Faria (Ladário), Aldo Clavijo (Puerto Quijarro-BO) e Romualdo Urtado (Puerto Suarez-BO).

A reunião com o presidente da Fiems contou com a participação do secretário especial de Desenvolvimento Industrial e Econômico, Fermiano Yarzon; dos diretores da Fiems, Jaime Verruck, José Francisco Veloso Ribeiro e Julião Gaúna, além do superientendente do IEL, Bergson Amarilla.