Adultos participam mais ativamente de campanha contra dengue

 Prefeitura de Corumbá

  
Volume de lixo retirado do ambiente supera 2008

A população adulta de Corumbá e Ladário está participando mais ativamente da campanha de combate à dengue, através da ação Troque Com a Gente que, este ano, está sendo desenvolvida também na cidade ladarense. A constatação é da própria equipe da Secretaria Executiva de Saúde Pública da Prefeitura de Corumbá, que está coordenando o programa na região pantaneira.

A ação está em seu terceiro ano e, segundo Jackson Uchoa, da equipe de Educação em Saúde da Secretaria, ao contrário dos anos anteriores, “os pais estão acompanhando os filhos” e contribuindo para eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. “Nos anos anteriores, tivemos uma participação bem maior das crianças. Muito pouco adultos. Agora não, tem muita mãe, pai, participando, acompanhando os filhos, contribuindo para a limpeza e a eliminação de focos do mosquito”, comentou, satisfeito.

Jackson foi um dos idealizadores do projeto Troque Com a Gente, ao lado de Paulo Borges, também da equipe de Educação em Saúde, três anos atrás. “Começamos pelo Generoso e, hoje, já estamos em Ladário, ajudado a combater a dengue”, comemora. Mesmo destacado em outra função, o servidor municipal está presente em todas as ações do Troque Com a Gente em Corumbá e Ladário e demonstra otimismo.

Conforme ele, o projeto foi idealizado para conscientizar a população, principalmente as crianças, quando à necessidade de se manter quintais e terrenos limpos, livres de lixo, ideal para proliferação do Aedes. As crianças, no entender dele, são formadoras de opinião e o resultado já pode ser visto agora, com a terceira edição da ação: uma presença maior de adultos.

Preocupação

Mas, apesar desse ponto considerado positivo, Jackson demonstra preocupação: a quantidade de material trocado por kits escolares, está sendo bem superior que em 2008. “Está certo que, este ano, estamos tendo a participação de Ladário. Mas o volume está sendo bem acima do que esperávamos. Isto preocupa e mostra que as pessoas ainda acumulam lixo dentro de casa, contribuindo para surgimento de focos do mosquito”, afirma.

Viviane Ametlla, gerente de Vigilância em Saúde da Prefeitura, reforça a informação de Jackson. Demonstra satisfação com a participação mais ativa dos adultos, mas, apesar disso, a grande quantidade de lixo que está sendo retirada dos quintais, principalmente, é acima do esperado. Ela afirma que “os moradores devem ter a iniciativa e fazer limpeza constante, não apenas em época que o Poder Público realiza campanhas. O combate à dengue tem que ser o ano todo”, reforça.

A gerente cita Campo Grande como exemplo. No ano passado, a capital do Estado sofreu uma epidemia. “A população de lá aprendeu na dor, sofrendo com a doença. Não queremos que isto se repita aqui em Corumbá. Por isso é importante todos se conscientizarem e manter a limpeza, para evitarmos uma epidemia e, como Campo Grande, aprendermos com a dor”, concluiu.

Ação

Nesta terça-feira, o Troque Com a Gente aconteceu em dois bairros de Corumbá, no período da manhã: Nossa Senhora de Fátima e Jardim dos Estados. Mais uma vez, o volume de lixo retirado do ambiente (garrafas pets, garrafas de vidros, papelão, latas, pneus e até pedaços de TVs velhas), foi enorme, mostrando o porque das duas localidades estarem com incidência acima do aceitável pela Organização Mundial de Saúde, 1%. No Nossa Senhora de Fátima o último levantamento apontou 2,89%, e no Jardim dos Estados, 1,81%.