PARA vai orientar condutores e pedestres sobre trânsito

 Prefeitura de Corumbá

  
Passeata pelo centro busca sensibilização da comunidade para um trânsito mais seguro

A Prefeitura de Corumbá lançou, na manhã desta terça-feira, 02 de dezembro, a terceira edição do Plano de Ação Para Redução de Acidentes (PARA). Este ano, a iniciativa conta com a parceria do 6º Batalhão de Polícia Militar; Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN/MS) e patrocínio da Vale. Ao final da solenidade de lançamento, ocorrida no Sindicato Rural, estudantes das escolas da rede oficial de ensino participaram de uma caminhada pelas ruas centrais da cidade para divulgar o programa. O secretário Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Cássio Augusto da Costa Marques, representou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira na cerimônia.

O PARA será desenvolvido durante todo mês de dezembro e terá a coordenação conjunta da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat) e do Pelotão de Trânsito da PM. As orientações ao público começam efetivamente na quarta-feira, dia 03, nos pontos de maior incidência de acidentes de trânsito em Corumbá.

Dados divulgados pela Agetrat e PM, com base em informações do Detran, indicaram as ruas Dom Aquino Correa e Porto Carrero com os maiores índices de acidentes de trânsito no período de janeiro a setembro deste ano, em Corumbá. Cada uma delas registrou 21 acidentes naqueles nove meses. Seguidas pelas ruas Cyríaco de Toledo (14 acidentes); América (12) e Edu Rocha (10). Não houve vítimas fatais.

Levantamento realizado pela Agetrat entre janeiro e outubro mostrou que foram aplicados 1.044 autos de infração na cidade. Pelas estatísticas de trânsito as principais infrações, no período avaliado, foram dirigir veículos usando fones de ouvidos conectados a aparelhos sonoros ou a telefones celulares; trafegar com veículos sem licenciamento ou registro; dirigir sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH); estacionar em locais proibidos e estacionar em locais em desacordo com a legislação (parar em vaga destinada a portadores de necessidades especiais).

O Plano de Ação

O PARA visa estimular a criação de uma consciência voltada para os problemas inerentes ao trânsito nas vias urbanas, bem como dinamizar e divulgar o trabalho feito pelos órgãos de trânsito na área de prevenção de acidentes automobilísticos, na busca da redução dos índices de acidentes automobilísticos, integrando a sociedade organizada com os órgãos da administração pública responsáveis pelo trânsito. Objetiva ainda estimular os usuários das vias, como pedestre e condutores de veículos, a seguirem as regras do Código de Trânsito Brasileiro.

O Plano de Ação será desenvolvido nos principais pontos da cidade, principalmente aqueles com elevado índice de acidentes de trânsito. Estão programadas também palestras visando a conscientização da responsabilidade de todos os usuários no trânsito. A atuação das equipes do PARA levará as orientações para a zona de fronteira; bairros; escolas; centros de atendimento aos portadores de necessidades especiais; universidades; terminais de ônibus; postos de combustíveis; órgãos públicos e vias urbanas.

Cerca de 300 pessoas, entre policiais, agentes de trânsito, técnicos da Agetrat, alunos de escolas e voluntários estarão envolvidas nas ações diárias. Pelo menos 10 mil pessoas, entre pedestres e condutores, serão orientadas a respeito das regras de trânsito.

Participaram da solenidade o gerente geral da Vale Complexo Corumbá, Azemar Sepúlveda; a diretora-presidente da Agetrat, Silvana dos Santos Ricco Ortiz; o comandante do 6º Batalhão da PM, tenente-coronel Nelson Antônio da Silva; o comandante do Pelotão de Trânsito o 6º Batalhão, capitão Nivaldo de Pádua; a presidente do Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN/MS), Regina Maria Duarte, além de outras autoridades civis e militares.