Cerimônia no Porto marca comemorações do Dia do Marinheiro

 Prefeitura de Corumbá

  

 Solenidade aconteceu no Porto Geral

Cerimônia de cinqüenta e cinco minutos no final da tarde desta sexta-feira, 12, no Porto Geral de Corumbá, comemorou o “Dia do Marinheiro”. A data é celebrada pela Marinha do Brasil em 13 de dezembro e marca o nascimento do Patrono da Marinha do Brasil, Joaquim Marques de Lisboa, o Marquês de Tamandaré. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira acompanhou a solenidade ao lado da primeira-dama e secretária Especial de Integração das Políticas Sociais, Beatriz Cavassa de Oliveira.

Durante a cerimônia, presidida pelo comandante do 6º Distrito Naval, contra-almirante César Sidonio Daiha Moreira de Souza, a Marinha do Brasil fez a entrega da medalha Mérito Tamandaré para 11 personalidades – oito militares e três civis. A condecoração, criada por decreto em 20 de agosto de 1957, homenageia militares; civis e instituições – brasileiras ou estrangeiras – que prestaram relevantes serviços na divulgação das ações daquela organização militar. Dois estudantes, vencedores do concurso de redação “Operação Cisne Branco”, receberam as respectivas premiações.

A solenidade ainda contou com leituras de mensagens, referentes ao “Dia do Marinheiro”, do Comandante da Marinha, almirante-de-esquadra Julio Soares de Moura Neto, e do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Submarino nuclear

O presidente ressaltou que dentro do atual cenário mundial a Marinha tem “importância cada vez maior” para o país, tornando necessário concretizar a “implementação do Programa de Reaparelhamento da Marinha” para garantir “a aptidão da Força de atuar na vigilância e na proteção de nosso imenso patrimônio no mar e nas águas interiores”.

Lula destacou também que “uma das mais altas prioridades” do programa naval são “os navios-patrulha que irão operar nas imediações das plataformas petrolíferas”. A iniciativa enfatizou o Comandante Supremo das Forças Armadas, “trará benefícios para toda a sociedade, na medida em que estará colaborando para o fortalecimento da Indústria Nacional de Defesa, com a conseqüente criação de novos empregos”.

Na mensagem, o presidente destacou também “outro notável passo” no aparelhamento da Marinha: a concretização dos “acordos para a construção do primeiro submarino brasileiro com propulsão nuclear”.

A cerimônia do “Dia do Marinheiro” terminou com a demonstração de um exercício de retomada e resgate de embarcações fluviais realizado pelo Grupamento Especial de Resgate e Salvamento do 6º Distrito Naval, que contou com a participação de pára-quedistas da Marinha. Para a demonstração, cinco navios foram posicionados no rio Paraguai, em frente ao Porto Geral.