Aluno do Clio Proença é o Pequeno Herói do Pantanal 2008

 Prefeitura de Corumbá

  

 Pequeno herói, Vinícius, recebeu premiação das mãos do padre Ernesto Sassida

“Um dia eu jogava bola quando ela caiu na casa da vizinha. Eu pulei lá e vi que a vizinha estava passando mal. Saí correndo para pedir ajuda e me disseram que ela tinha um primeiro enfarte. Passei a cuidar dela de graça e hoje ela está bem e está morando com lá no Porto da Manga com uma filha”. Esta foi a boa ação que fez Vinícius da Silva Bogado, 11, estudante do 7º ano da Escola Municipal Clio Proença se tornar o “Pequeno Herói de 2008”.

O relato foi feito pelo próprio Vinícius durante a cerimônia de premiação do projeto “A procura dos pequenos heróis e adolescente herói do Pantanal”, realizada pelo Centro Padre Ernesto de Promoção Humana e Ambiental (Cenper), na tarde de sexta-feira, 06 de dezembro, no ginásio do Corumbaense Futebol Clube. A data marca a comemoração do Dia Municipal do Pequeno Herói, instituído pela Prefeitura de Corumbá. O secretário Executivo de Assistência Social, Lamartine Figueiredo Costa, representou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira na solenidade.

Como prêmio pela boa ação, o vencedor recebeu, das mãos do padre Ernesto Sassida – fundador da escola Cidade Dom Bosco e idealizador do projeto – um computador e a carteirinha que o identifica como “Pequeno Herói 2008”. Outros 19 jovens foram premiados com aparelhos MP3; telefones celulares; rádios e fones de ouvido; bicicletas e vídeo game. Todos receberam a carteirinha de herói do Pantanal.

O concurso deste ano contou com a participação de 1.500 jovens, entre crianças e adolescentes das cidades de Corumbá; Ladário e Coxim. A seleção foi feita por uma comissão de honra integrada pelo próprio idealizador padre Ernesto Sassida; professora Ligia Baruki e Mello, secretária Executiva de Educação da Prefeitura de Corumbá e presidente do Cenper; padre Oswaldo Scotti, diretor da MS/MT – Cidade Dom Bosco; prefeito Ruiter Cunha de Oliveira; Roberto Ferreira Filho, juiz de Direito da 2ª Vara Criminal da Comarca de Corumbá; Lívia Carla Guadanhim Bariani, promotora de Justiça da Infância e Juventude; contra-almirante Cesar Sidonio Daiha Moreira de Souza, comandante do 6º Distrito Naval; general José Carlos dos Santos, comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira; vereador Mohamad Abdallah, presidente da Câmara Municipal de Corumbá; Lamartine Figueiredo Costa, secretário Executivo de Assistência Social, e Iracemi Pereira da Cruz, presidente do CMDCA. O projeto conta com apoio da Prefeitura Municipal de Corumbá.

Integração moral e social

O projeto “A procura dos pequenos heróis e adolescente herói do Pantanal” tem como objetivos conscientizar as crianças e adolescentes, a discernir os seus atos bons dos seus atos ruins, bem como resgatar os valores no contexto da família, preparar e persuadir as crianças para execução de uma boa ação, promover à integração moral e social da criança a comunidade corumbaense, despertar nas crianças e jovens a prática dos verdadeiros valores por intermédio de boas e até corajosas ações, em contraposição aos atos condenáveis e perniciosos, sempre marcados pela prepotência, agressividade, confronto, desrespeito e até pela corrupção, além de proporcionar uma educação preventiva, promovendo uma mudança comportamental dos menores na comunidade, na família, na escola e no trabalho.

São definidas como boas ações para efeito de avaliação da comissão julgadora, o ato isolado ou continuado, que apresente clara conotação de desprendimento, desinteresse, sacrifício e esforço incomum em benefício de outros ou como exemplo a ser imitado por outros menores. A ação pode ser praticada em família, na escola, na rua, na hora do lazer, na viagem e em qualquer outro local e momento em que a criança tenha a oportunidade de fazer uma boa ação.