Ruiter reafirma compromissos de integração da fronteira

 Prefeitura de Corumbá

  
Para Ruiter, debate deve ser cada vez mais estimulado. Ele abriu a reunião de hoje, pela manhã, no Gold Fish

A integração de Corumbá e Ladário com as cidades bolivianas que formam a província de Gérman Bush, buscando identificar problemas comuns, é um debate que deve ser cada vez mais estimulado para superar algumas barreiras de legislação e diplomáticas e acelerar o desenvolvimento transfronteiriço e garantir maior qualidade de vida.

Esse chamamento para promover a aproximação dos povos e discutir soluções em conjunto foi feito pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, na abertura do fórum que reúne as comissões dos municípios pantaneiros, hoje de manhã, no Hotel Gold Fish. Ruiter reafirmou seu compromisso de articular ações concretas que beneficiem os dois lados da fronteira.

“Encontros como este fortalecem nossas relações, onde possamos discutir os temas mais relevantes, como saúde e segurança, e propor políticas públicas que contemplem brasileiros e bolivianos”, afirmou o prefeito. Ele defendeu que as questões fronteiriças não podem ser tratadas nos gabinetes dos palácios, em Brasília ou La Paz.

Ouvir as bases

O acordo de cooperação assinado em abril deste ano entre os prefeitos de Corumbá, Puerto Quijarro e Puerto Suarez, com a anuência do subchefe de Assuntos Federativos da Presidência da República do Brasil, segundo Ruiter, fortalece a região politicamente para propor políticas públicas diferenciadas.

“Somos os principais atores e devemos ser ouvidos quando se discute políticas de desenvolvimento para a nossa região”, reivindicou o Chefe do Executivo corumbaense. “É fundamental esse debate, envolvendo também a população, para que as políticas não sejam definidas em gabinetes. Essa tem sido a falha dos governos centrais.”

Ações concretas

Ruiter disse que alguns problemas, como surtos e crimes, não respeitam os limites fronteiriços, por onde os fatores negativos circulam facilmente. Por isso, defende políticas públicas para a região que venham ao encontro da realidade local e sejam ágeis, permitindo que as soluções sejam imediatas e não esbarrem na legislação, na burocracia ou nas relações diplomáticas.

O prefeito participa do fórum, que prossegue na tarde desta segunda-feira, acompanhado da primeira-dama, Beatriz Cavassa de Oliveira, secretária especial de Integração das Políticas Sociais; secretários municipais e técnicos da administração. Presente também o prefeito eleito de Ladário, José Antônio Assad e Faria, e as comissões de Puerto Quijarro e Puerto Suarez.