Ruiter assegura ensino de qualidade a crianças do Aeroporto

 Prefeitura de Corumbá

  
Mais crianças serão atendidas com a reforma e ampliação da creche e pré-escola

A reforma e a ampliação da creche e pré-escola ServCarmo está em fase de licitação. Incluída no projeto de Saneamento Integrado do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), a obra vai receber investimentos na ordem de R$ 1.330.229,62 milhão, dos quais R$ 625 mil são recursos próprios do município. Serão 6 mil metros quadrados de construção, área que vai quase quadruplicar o número de vagas oferecidas aos moradores do bairro Aeroporto.

Inaugurada em 2006, a ServCarmo atende crianças na faixa etária de 6 meses a 5 anos de idade. Atualmente, ela funciona como extensão da escola Rachid Bardauil, onde a Prefeitura Municipal oferece o ensino fundamental completo e o EJA (Educação de Jovens e Adultos). Hoje são 25 crianças matriculadas na creche e 33 na pré-escola. Após a ampliação, serão 104 vagas para a creche e 150 para a pré-escola.

A reforma e ampliação é uma antiga reivindicação da comunidade do bairro. Foi feita ao prefeito Ruiter Cunha de Oliveira durante a Ação Prefeito Presente, realizada no Aeroporto, que determinou a execução de um projeto, contemplado mais tarde pelo Programa de Aceleração do Crescimento.

Segundo o secretário Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Cássio Augusto da Costa Marques, a reforma e ampliação da creche fazem parte do projeto Saneamento Integrado, que prevê investimentos de R$ 21 milhões em Corumbá.

Mesmo com a proximidade do final do ano letivo, é possível perceber a importância da ampliação da ServCarmo. “Temos uma demanda muito grande aqui na creche. Praticamente todos os dias aparecem mães em busca de vagas”, explicou Maria Auxiliadora Messias Oyola, coordenadora do local. “Com essa ampliação, esperamos suprir não só a necessidade dos moradores do Aeroporto, como também dos bairros vizinhos”, continuou.

A reestruturação física também vai permitir a implantação de um berçário no local. “Hoje só atendemos crianças a partir dos 6 meses. Depois das obras, teremos estrutura para receber os bebes a partir dos 3 meses de idade. Isso facilita ainda mais para as mães que precisam trabalhar”, disse Maria Auxiliadora.

Os mais de R$ 1,3 milhão serão utilizados para a construção de 12 salas de aula (6 para a creche e 6 para a pré-escola); um refeitório; pátio coberto para trabalhos pedagógicos; brinquedoteca; salas para os professores, secretaria, coordenação e direção; e um centro pedagógico. A Secretaria Executiva de Infra-estrutura e Habitação deve lançar edital para licitação da obra no início de dezembro.