Puccinelli assina ordens de serviço e promete obra emblemática

 Prefeitura de Corumbá

  
André assinou ordem de serviço para continuidade das obras de saneamento

O governador André Puccinelli disse que pretende realizar uma obra que marque seu governo em Corumbá, além de todos os investimentos que o Estado canaliza para o município, totalizando atualmente mais de R$ 60 milhões somente em saneamento básico, atendendo ao “desafio” do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira e do deputado estadual Paulo Duarte.

Durante a autorização de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e de infra-estrutura turística, hoje de manhã, o governador afirmou que uma obra emblemática, contudo, tem que atender o sentimento da população, que já foi apontado pelos habitantes de Ponta Porã, Três Lagoas e Dourados, faltando Corumbá e Campo Grande.

“Quem tem que dizer que obra é essa é a população, e se houver recursos, apesar da crise, vamos iniciá-la em 2009 para concluirmos em 2010”, afiançou Puccinelli, sob aplausos das autoridades e convidados presentes no auditório do Sindicato Rural de Corumbá, onde se realizou a cerimônia.

Turismo

As ordens de serviço assinadas pelo governador totalizam investimentos de mais R$ 48,7 milhões em Corumbá, dos quais R$ 47,14 milhões referentes a segunda fase do PAC. Também foi autorizada as obras de construção do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), no Buraco da Piranha (trevo da BR-272 com a Estrada-Parque), que custará R$ 827 mil.

“São investimentos que vão ao encontro das prioridades escaladas pela população durante o início do governo. Saúde e segurança, além da geração de emprego e renda do turismo, são pilares que erguemos em parceria com a prefeitura e a União visando o desenvolvimento do Estado”, finalizou André Puccinelli.

O Centro de Atendimento ao Turista integra o projeto de revitalização da Estrada-Parque, que inclui sinalização turística, construção de um portal e a recuperação do “guarda fio”, um histórico prédio edificado pelo sertanista Marechal Rondon em 1903, às margens do Rio Paraguai, no Porto da Manga, integrando a linha telegráfica. O prédio, de alvenaria, será transformado em museu.

Segurança

Com a instalação do CAT, o Estado visa promover e melhorar o patrimônio cultural e ecológico da Estrada-Parque, em ação integrada com a Prefeitura de Corumbá, melhorando as condições de controle de visitantes na região, priorizando a preservação e incentivando o ecoturismo em nível internacional.

Além destas obras, o governador autorizou ordem de serviço para reparos na cobertura, esquadrias e rachaduras no prédio do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e reformas da Delegacia Regional de Corumbá (1º DP) e ampliação da Unidade Educacional de Internação – Unei Pantanal. Os recursos são provenientes do Estado, em convênio com Ministério da Integração Nacional.