No Maria Leite, Prefeitura anuncia segunda etapa do asfalto

 Arquivo PMC

  
Com drenagem pronta, bairro se prepara para receber segunda etapa de obras de asfalto

 prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) anunciou a execução da segunda etapa das obras de pavimentação asfáltica no bairro Maria Leite. Dessa vez, serão investidos R$ 850 mil na implantação de 13,8 mil metros quadrados de asfalto, cerca de 10 quadras. Desde o início da administração de Ruiter, a região já foi atendida com cerca de R$ 3,1 milhões em investimentos no setor de infra-estrutura, especialmente com drenagem e pavimentação.

Esta segunda etapa do projeto desencadeado pelo prefeito, é uma parceria entre Governos Federal, Estadual e Prefeitura Municipal, com participação importante do deputado Vander Loubet, autor da emenda repassada ao Estado, que está garantindo mais asfalto no Maria Leite.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura de Corumbá, logo que se confirmou a liberação da verba, o “prefeito decidiu aplicar no Maria Leite, para que todo o bairro tenha estrutura adequada, atendendo um dos principais anseios da comunidade, expressada durante a Ação Prefeito Presente”, disse.

Muitas obras

Bairro localizado na entrada da cidade, o Maria Leite vivia no esquecimento. Sem qualquer tipo de infra-estrutura, estada fadado ao abandono. Hoje tudo mudou. De visual novo, a região ganhou drenagem, pavimentação asfáltica e se prepara para receber novos investimentos.

Os investimentos somam R$ 3.126.500,00, importantes para a melhoria da qualidade de vida da população, principalmente em relação à saúde, além de propiciar a valorização dos imóveis. Os recursos são provenientes do Governo Federal, conseguidos a partir de uma articulação do deputado estadual Paulo Duarte (PT) junto ao ministro Paulo Bernardo, de Planejamento, através de emenda parlamentar junto ao Orçamento Geral da União (OGU); emenda parlamentar do deputado federal Vander Loubet; do Estado, e contrapartida do município.

O primeiro passo foi acabar com as inundações em período de chuva, através de obras de drenagem não só no Maria Leite, mas também no Previsul, localizado ao sul do bairro, após a linha férrea. Além disso, orientou execução de outra obra de drenagem profunda na rua Albuquerque, que será responsável pela captação de toda água fluvial da área.

Esta obra, uma galeria com 615 metros de extensão, ligando o Maria Leite ao Previsul, é fundamental para eliminar o problema. Os investimentos são de R$ 495.599,96, recursos oriundos do Governo Federal, com contrapartida da Prefeitura.

Outros R$ 1.460.012,14 foram aplicados na implantação de 2.278 metros de drenagem com tubos de concreto, e 14.682 metros quadrados de asfalto. Outros R$ 450 mil foram aplicados na implantação de 1.026 metros de drenagem às margens da linha férrea.

Agora, para concluir o projeto, dotando o bairro de infra-estrutura adequada, serão investidos R$ 850 mil na execução de mais 13,8 mil metros quadrados de asfalto, serviços que devem ser iniciados em breve, principalmente pelo fato de que a parte mais difícil, complicada, que é a drenagem, já foi executada pela Prefeitura.