Maria da Penha participa de ato contra violência à mulher

 Prefeitura de Corumbá
  

 Ruiter, Dona Bia e Paulo Duarte receberam Maria da Penha na sede do Corumbaense

Acompanhado do secretariado municipal e do deputado estadual Paulo Duarte, o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, recebeu na noite de ontem a farmacêutica e bioquímica Maria da Penha, símbolo maior da luta contra a violência sofrida pelas mulheres. A vinda dela ao município fez parte da “Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, realizada pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Promoção da Cidadania e Secretaria Executiva de Saúde Pública.

A sede social do Corumbaense Futebol Clube ficou lotada para acompanhar a palestra da biofarmacêutica cearense. “O exemplo que ela nos dá deve servir espelho para enfrentarmos as dificuldades que a vida nos impõem”, destacou Ruiter, que também convocou a todos os homens a participarem da campanha. “Essa também é uma luta nossa e não apenas delas”, ressaltou.

Ícone do combate à violência doméstica, Maria da Penha avaliou os dois anos de vigência e aplicação da Lei de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher – sancionada pelo presidente Lula no dia 7 de agosto de 2006 –, chamada de “Lei Maria da Penha”.  “O mais envolvente neste encontro foram às tomadas de atitude”, destacou durante sua fala.

Durante o evento, Ruiter assinou decretos que beneficiam diretamente o público feminino e assinou as ficha de participação na campanha “Homens Unidos Pelo Fim da Violência Contra a Mulher”, desenvolvida pela Secretaria Especial de Políticas Para as Mulheres, do governo federal. 

A noite também foi marcada pela entrega das premiações aos alunos classificados no concurso de frases da campanha 16 Dias. As frases premiadas foram: “Seqüelas marcam o corpo, humilhação machuca a alma”, de Cassiano dos Santos Magalhães, aluno da escola Izabel Correa de Oliveira. Ele recebeu uma câmera digital das mãos do prefeito;

“Lei Maria da Penha já pegou, pois a mulher denunciou”, da aluna Angélica Gomes Garcia, da escola rural Eutrópia Gomes Pedroso. Maria da Penha entregou uma bicicleta à jovem; Luiz Felipe Rodrigues Brites, do Cyriaco Feliz de Toledo, recebeu um aparelho de MP4 da primeira-dama Beatriz Ribeiro Cavassa, secretária de Integração das Políticas Sociais;

“Se você ama, não seja uma entre milhões, mas sim a única para si mesma”, de Gilmara Mendes, da escola rural Porto Esperança, ganhou um MP4 do deputado Paulo Duarte; “O homem que bate em mulher está renegando quem de deu a vida”, de Paoli Cristine da Silva, da escola José de Souza Damy, também recebeu um MP4 do secretário executivo de Saúde, Cleber Colleone.

O concurso e o evento foram coordenados pela Gerência de Articulação de Políticas Públicas para a Mulher e Núcleo de Prevenção a Violência e Promoção da Saúde, com apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. O juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal, e o defensor público José Gonçalves de Farias representaram o judiciário no ato.