Curso de secretária do lar renova esperanças de formandas

 Prefeitura de Corumbá

  

 Dona Catarina destacou aprendizado em relações humanas

Por mais simples que um curso de qualificação profissional possa parecer, ele é carregado de significados para quem participa. Mesmo que a desejada mudança para uma posição social melhor não aconteça de imediato, a chance de uma formação é sinônimo de esperança; da certeza que a vida vai mudar positivamente.

Esse é o mérito do curso de Secretária do Lar promovido pela Prefeitura de Corumbá, por determinação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, e encerrado na última sexta-feira, 14 de novembro. As 17 formandas saíram dos 75 dias de aulas com a confiança renovada; cheias de auto-estima e certas de um futuro mais justo e digno para elas e seus familiares.

“Tenho mais de 40 anos nessa profissão e achava que sabia tudo. Vi, aqui, que temos muito por aprender”, contou a batalhadora Catarina Pereira de Paula, moradora do conjunto Camalote, parte alta de Corumbá, que aos 55 anos tem a missão de dividir o tempo entre os afazeres domésticos – na própria casa –; vender jornais pelas quentes ruas da cidade; confeccionar chinelos artesanais para incremento da renda; enfrentar a nada leve rotina profissional de uma diarista e ainda encontrar tempo para encaminhar o filho adolescente a uma vida digna e honesta.

O filho, aliás, foi o responsável pelo ingresso da mãe na qualificação profissional oferecida pela Prefeitura nos dois Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), dos bairros Nova Corumbá e Centro América. “Procurava uma vaga para meu filho no Projovem quando fiquei sabendo desse curso”, disse dona Catarina, complementando ter conseguido inscrever o garoto no programa voltado para adolescentes.

Relações humanas

Depois de quase quatro meses de aulas, ela classificou a experiência como amplamente positiva. “Fiquei apaixonada pelo curso, ajudou mesmo a qualificar a nossa mão-de-obra como empregada doméstica”, revelou. “Nestes meses todos aprendi mais a cada dia”, afirmou emendando um raciocínio no outro, quase sem pausa para respirar.

A formanda Catarina, que fez o curso de Secretária do Lar no CRAS do bairro Centro América, contou ter aprendido como se relacionar com as pessoas. “Vimos que cada pessoa é de um jeito e aprendemos que é preciso ter jogo de cintura para conseguirmos trabalhar com todos os tipos de pessoa. Ensinaram relações humanas” disse ao esboçar um largo sorriso e revelar que as aulas lhe renderam o que definiu ser uma “evolução” como pessoa.

Depois de ter passado os últimos meses nas aulas de formação como Secretária do Lar, dona Catarina Pereira de Paula confidenciou um desejo, uma obstinação: “quero fazer curso de informática; cabeleireira e corte e costura”. E você que está lendo não duvide, ela vai conseguir!

O curso

A capacitação em Secretária do Lar teve início em 30 de agosto. As aulas eram vespertinas e foram oferecidas nos dois Centros de Referência da Assistência Social. A carga horária de 78 horas foi preenchida com disciplinas como higiene em manipulação e conservação; comportamento no ambiente de trabalho; relações inter-pessoais; culinária; técnicas de limpeza (prática) e palestras da Vigilância Sanitária.

Foi o segundo curso voltado para empregadas domésticas promovido pela Prefeitura de Corumbá, através da Secretaria Executiva de Ações Sociais. Em 2009 pelo menos duas novas turmas serão formadas.