Asfalto já é realidade no bairro da Popular Nova

 Prefeitura de Corumbá

  
No bairro, máquinas preparam a rua para receber pavimento asfáltico

Além de livrar a região das constantes inundações em períodos de chuvas, através da implantação de rede de águas pluviais, a Prefeitura Municipal já iniciou as obras de pavimentação asfáltica no bairro da Popular Nova, mudando radicalmente a vida de uma comunidade sofrida que, até bem pouco tempo atrás, vivia no completo esquecimento.

As obras de drenagem estão em fase de acabamento. Paralelamente, por uma determinação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, a secretária de Desenvolvimento Sustentável, através da pasta de Infra-Estrutura e Habitação, iniciou a execução do pavimento asfáltico que já está beneficiando uma boa parcela dos moradores do bairro.

Os serviços fazem parte do pacote de obras lançado pelo prefeito Ruiter Cunha no início do ano, que prevê aplicação de R$ 79,3 milhões em benefícios para toda a cidade.

No bairro, o projeto foi dividido em duas etapas. Na primeira fase, os investimentos somam R$ 1.018.500,00 (R$ 970.000,00 repassados pelo Governo Federal, via emenda parlamentar, e R$ 48.500,00 como contrapartida da Prefeitura). Os recursos estão garantindo execução de seis quilômetros de drenagem, profundas em alguns trechos, preparando as ruas para o asfalto.

A drenagem na Popular Nova é uma seqüência dos serviços executados pela Prefeitura no bairro Nossa Senhora de Fátima, na rua Luis Feitosa Rodrigues. Esta rede vai captar toda a água que desce da região de morraria, no sentido centro, responsável por inundações de residências não só na Popular, mas também no Nossa Senhora de Fátima.

Agora, a Prefeitura está implantando cerca de 36,8 mil metros quadrados de asfalto (equivalente a 23 quadras), um investimento de R$ 2,024 milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com contrapartida do município.

A obra é apontada pelo prefeito Ruiter Cunha como fundamental para a melhoria da qualidade de vida dos moradores. Além de dotar a região de infra-estrutura, vai permitir valorização dos imóveis e, principalmente, levar mais saúde para a população.