Sombrinha completa o show triplo desta noite no Porto

 Divulgação

  
Sombrinha se apresenta à noite no Porto Geral

Considerado pela crítica e no mundo da música um grande sambista, o cantor, compositor e músico Sombrinha começou cedo sua carreira. Nascido em São Vicente, SP, no dia 30 de agosto de 1959, é um autodidata; aprendeu a tocar violão muito novo. Com 14 anos ganhou um violão 7 cordas de seu pai e começou a tocar em casas noturnas.

Em 1977 com 18 anos, já como profissional, gravou com Baden Powel e Os Originais do Samba. Em 1979 foi para o Rio de Janeiro, onde junto com Almir Guinéto, Jorge Aragão, Bira, Ubirani, Sereno e Neoci, fundou o grupo Fundo de Quintal. Em 1980 Sombrinha começou a compor e sua primeira música, Marcas no Leito, em parceria com Jorge Aragão, foi gravada pela cantora Alcione.

Hoje são mais de 300 músicas, gravadas por grandes intérpretes como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão, Dona Ivone Lara, Chico Buarque e Caetano Veloso, além de muitos outros.

Sombrinha ficou por 12 anos no grupo Fundo de Quintal, onde fez muito sucesso com 12 discos. Saiu em 1991 para seguir carreira solo e gravou 2 discos. Em 1995, a pedido de seu compadre Arlindo, fizeram a famosa dupla de samba Arlindo Cruz e Sombrinha, que durou 7 anos e rendeu 5 discos.

Mais amadurecido e de bem com a vida, recomeçou sua carreira solo com o CD Derramando Alegria, que retratou a nova fase de sua vida. O disco tem sambas inéditos e 3 participações muito especiais: Alcione, Diogo Nogueira e Gabriel o pensador. Também tem a produção de seu compadre Jorge Cardoso.

Sombrinha traz na bagagem diversos prêmios e homenagens. Entre eles estão 10 prêmios Sharp de Música, sendo seis como melhor grupo de samba, um como artista revelação e três como melhor composição com as músicas Além da razão, Nas rimas do amor e Ainda é tempo pra ser feliz.

Também já entrou com 4 temas de novelas da globo: Malandro sou eu (Roque Santeiro), Fogo de saudade (O Outro), Alto lá (O Clone) e Além da razão (Salvador da Pátria).

Sombrinha já levou seu samba a diversos cantos do mundo, Angola, Nova Iorque, Japão (no total de 40 cidades), Portugal, além de todo o Brasil.