Samba embala apresentações do Pôr do Som especial

Vozes femininas, de artistas corumbaenses, deram charme ainda maior aos versos do já consagrado samba, que em outubro do ano passado foi reconhecido Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A releitura de grandes sucessos do ritmo genuinamente brasileiro foi atração do projeto Pôr do Som, que neste domingo, 12 de outubro, apresentou o especial “Mulheres que cantam samba”, no teatro de arena do Porto Geral de Corumbá. O espetáculo integrou as atividades da quarta edição do Festival Pantanal das Águas (FPA), promovido pela Prefeitura de Corumbá com apoio da TV Morena.

Quem esteve no Porto Geral no finzinho da tarde de ontem, além de contemplar a beleza do pôr-do-sol pantaneiro às margens do rio Paraguai teve a chance de relembram antigos sucessos do samba, cantados pelas vozes de Marluci Brasil; Lucinha Philbois; Lizélia Leite; Doralina e Jackilin Andreucce.

Iniciado em maio, o projeto “Pôr do Som” tem o objetivo de reunir os músicos de Corumbá e Ladário e integrá-los às manifestações artísticas e culturais ocorridas na cidade e promover o resgate da Música Popular Brasileira. O projeto tem como idealizadores o cantor Franklin Melo e o artista plástico e músico Rubem Dario e o músico Laércio Honorato.