Prefeitura retoma projeto para deixar Corumbá mais verde

 Prefeitura de Corumbá

  
Plantio de mudas atende região urbana da cidade

Oito mil mudas de árvores nativas da região devem ser plantadas até o mês de março de 2009 na região de Corumbá. É o que prevê a Secretaria Executiva de Meio Ambiente que está aproveitando o início do período de chuva, para retomar o projeto “Corumbá Mais Verde”, idealizado pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, para solucionar um grave problema na cidade, a falta de arborização urbana.

O projeto, segundo a secretária executiva Luciene Deová de Souza Assis, foi retomado agora, em outubro, justamente no inicio do período de chuvas. “Já efetuamos o plantio de 500 mudas e a nossa programação é chegar a oito mil, aproveitando o período”, destacou.

Luciene informa que estão sendo plantadas mudas de árvores nativas da região, como pata de vaca, sibipiruna, ipê, jacarandá, castanheira, flamboyant (só no centro), entre outras, todas produzidas no viveiro municipal, instalado no Paço. Em pouco mais de um ano, o viveiro já está se tornando auto-suficiente, em condições de atender a demanda local.

A secretária lembra também que a Prefeitura, através do telefone 3907 5300, está atendendo solicitação da comunidade que desejar plantar uma muda de árvore nativa em frente ao seu imóvel. “Basta nos ligar que encaminharemos um técnico para analisar as características do local e definir qual a espécie ideal que deve ser plantada”, informou.

A preocupação maior é saber se no local há rede de energia elétrica. “Nesse caso, temos que plantar uma árvore de pequeno porte para evitar problemas no futuro”, destacou. Na visita, além de escolher a espécie apropriada, são observados outros detalhes como rede aérea, espaço, edificações próximas, entre outros quesitos. Somente após isto é realizado o plantio, sem cobrança de qualquer tipo de taxa. A única exigência é que o morador “adote a árvore” plantada, cuidando bem dela.

O projeto “Corumbá Mais Verde” prevê plantio não só de mudas de árvores nativas, mas também de espécies ornamentais. Abrange três subprojetos: Palmeiras Imperiais, Mancha dos Flamboyants e Arborização Urbana. Todos estão em andamento, principalmente a partir de agora, com o Viveiro Municipal se tornando auto-suficiente na produção de mudas de árvores nativas e ornamentais.