Prefeitura de Corumbá já projeta o carnaval de 2009

 Prefeitura de Corumbá

  
Secretário iniciou entendimentos para traçar o carnaval de 2009

Carnaval, uma das maiores festas populares de Corumbá e do centro oeste brasileiro, já começa ser formatado pela Prefeitura Municipal. Atendendo uma orientação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, o secretário executivo Carlos Porto, de Turismo, iniciou nesta segunda-feira, 20 de outubro, os primeiros contatos com as entidades carnavalescas para planejar o evento de 2009.

“O Carnaval de Corumbá é estruturado e consolidado como o melhor e mais animado do centro-oeste. Queremos que seja reconhecido também como o mais seguro, com melhor organização. Por isso estamos planejando com antecedência, para não repetir os erros, primando sempre pela qualidade do evento”, explica.

A primeira reunião foi realizada na sede da Setur, às 08h, com a União dos Cordões Carnavalescos de Corumbá, tendo como pauta, tempo, sonorização e organização do desfile.

“Nosso objetivo é que a cada ano possamos conscientizar as pessoas sobre a importância dos cordões para a cultura da cidade. Queremos que através dos desfiles outros cordões voltem a incrementar o Carnaval de Corumbá”, explica o presidente da União, José Jarbas Duarte. “Até 2010 queremos desfilar com pelo menos seis cordões”, afirma.

A mesma pauta foi discutida com a Liga Independente dos Blocos Carnavalescos de Corumbá (Liblocc). Para o presidente da Liblocc, Catarino de Oliveira, é muito importante esse tipo de relacionamento com os organizadores do evento.

“Para o próximo ano, queremos fazer algumas modificações, como por exemplo, incentivar que cada bloco desfile com dois carros alegóricos, sendo um deles o abre-alas. É muito bom saber que temos o apoio da Prefeitura, podermos fazer um planejamento das nossas atividades. Trabalhar com antecedência é uma segurança maior para todos os envolvidos”, salienta Catarino.

Ainda hoje, segunda-feira, acontece nova reunião na Setur. Dessa vez, será com a diretoria da Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco), marcada para esta tarde.

Porto lembra que, durante a administração do prefeito Ruiter Cunha, uma das principais preocupações, foi agregar valor à uma das grandes festas populares brasileiras. E esta orientação está sendo seguida à risca.

“O carnaval de Corumbá não é somente festa. Ele contribui para o aumento da renda de mais de 500 famílias, envolvidas com a confecção das fantasias, alegorias e adereços dos cordões, blocos e escolas, e nas cinco noites de festa”, destaca.

O secretário lembra que são pessoas que, durante a festa, trabalham na praça de alimentação, comercializando os mais variados tipos de produtos, principalmente gêneros alimentícios e bebidas, além de outros trabalhadores contratados pela organização, como seguranças e equipe de apoio, inserindo a comunidade no evento, aumentando postos de trabalho e a renda familiar.