Dez imóveis privados são selecionados para recuperação

A Comissão Especial de Seleção da Prefeitura Municipal, responsável pelo processo de financiamento para recuperação de imóveis privados no âmbito do Programa Monumenta, divulgou uma relação de 10 imóveis da cidade, que serão recuperados com recursos oriundos do Governo Federal, através do Instituto do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional (IPHAN).

São imóveis localizados na área tombada pelo Patrimônio Histórico Federal, que cumpriram toldas as exigências do Programa Monumenta. A relação foi divulgada pela presidente da Comissão Especial de Seleção, Tânia Mofreita Bruno Szochalewicz Ribeiro Dantas.

Foram selecionados três imóveis na Manoel Cavassa, dois na 15 de Novembro; os outros cinco estão localizados nas ruas 13 de Junho, Delamare, Ladeira Cunha e Cruz, Frei Mariano e Travessa Mercúrio.

Corumbá é uma das cidades históricas do Brasil contempladas pelo programa, que já possibilitou recuperação de patrimônios históricos como o Porto Geral e o próprio prédio do Iphan, todos no Casario do Porto.

A cidade foi novamente incluída no programa por ser um sítio histórico tombado em nível federal. Esta nova etapa do programa é destinada exclusivamente a proprietários de imóveis privados que estão danificados, que sejam de relevância histórica e que tenham condições de serem recuperados.

O principal objetivo do programa é estimular a conservação dos imóveis, e conseqüentemente dos sítios históricos, para que a população tradicional permaneça em área protegida, preservando as suas atividades locais.