Da Bahia para Corumbá. Margareth Menezes, a atração da noite

 Divulgação

  
Show de Margareth Menezes, grande atração deste sábado

Às vésperas de completar 46 anos (13-10-62),  a baiana Margareth Menezes é a grande atração deste sábado, 10 de outubro, no palco do Porto Geral. O show está programado para às 22h e será a grande oportunidade para o corumbaense ver de perto esta musa afropopbrasileira que, aos 17 anos de carreira, tem muitos motivos para comemorar.

No novo trabalho, “Margareth Menezes Pra Você”, produzido por Moogue Canazio e tendo Cláudio Rabelo como diretor artístico, percebe-se uma Margareth Menezes ampla dentro das escolhas musicais e das infinitas possibilidades como interprete, inovando sempre, desvendando um lado artístico que se fortalece pelas entonações precisas, pela interpretação sensivelmente teatral, pela diversidade de adaptação a vários estilos de música, incorporando sua marca e deixando evidente toda a sua versatilidade como cantora.

A evolução musical que adquiriu ao longo de sua carreira lhe garantiu o status de uma artista plural, cosmopolita e ao mesmo tempo regional, mesclando com sua voz forte e marcante, vários estilos musicais, que podem ser conferidos em “Margareth Menezes Pra Você”.

Movimentos como a batucada carioca, o samba, o reggae e o romantismo são claramente percebidos em “Pra Você”, que deixa evidente a sua pretensão em não passar despercebido no mercado fonográfico, conseguindo atrair e conquistar um público que com certeza irá se surpreender com as investidas musicais de Margareth Menezes neste novo trabalho.

Neste trabalho é possível perceber a natureza mais MPB da cantora, juntamente com toda influência característica do Samba Reggae e agora caracterizado com o Afropopbrasileiro, gênero que a artista criou e vem difundindo em seus trabalhos.

O repertório conta com 10 canções de compositores diversos, entre eles Saul Barbosa, Pierre Onassis e a própria Margareth Menezes, que assina duas canções. A música que abre caminho para o CD chama-se “Como Tu”, do compositor Colombiano Carlos Vives.

“Como Tu” destaca-se por possuir toda uma energia vibrante, digna de uma balada dançante, acentuando-se com um refrão forte e versos que falam de comparações em torno do que pode ser. A música ganha mais fôlego e destaque pela participação de Ivete Sangalo(a cantora participou do CD Maga Afropopbrasileiro com a música Cai Dentro). Em dueto com Margareth Menezes, as duas dão um tom mais festivo a canção.

“Versos de Amor” é uma canção singela, que fala do amor, dos encontros, retratados em versos e palavras, em poesias que refletem os apaixonados. “Falei das flores, falei dos sonhos, de tudo aquilo que a vida tem pra dar”. Vale destaque para o som da guitarra, que em solo, deixa no ar uma atmosfera de introspecção e romantismo.

“Pra Você”, terceira canção do disco, atrai pela batida da percussão, abrindo espaço para a voz de Margareth Menezes, que faz requebrar ao som de uma batucada carioca, com um refrão forte numa escala harmônica crescente, fazendo uma perfeita junção com todos os outros instrumentos.

O disco segue com “Miragem na Esquina”, fortalecendo a trilha da cantora nos rumos do reggae, ao qual sempre bebeu da fonte. Passando para a romântica “Contra o Tempo”, do compositor Vander Lee. Vale destaque para o violão solo de Leo Amoedo, que em toques sutis se destaca em perfeita harmonia com a interprete.

Seguindo rumos de um Brasil diverso, Margareth convida o público a percorrer os estados brasileiros dentro da “Boleia Brasil”, música de sua autoria, onde o samba se caracteriza e nos conduz país adentro.

A sintonia de um rádio mudando de estação nos mostra uma Margareth Menezes com voz doce e suave, fazendo um convite para falar de amor, e fortalecendo esse chamado, o cantor Cláudio Zoli faz duo e sola com Maga, dentro de uma madrugada chuvosa, na canção “Só Eu e Mais Ninguém”.

Chegando nas últimas três faixas há ainda romântica “Mesmo Assim”, e mais uma vez a Margareth compositora em “Chame Ele”. Fechando o Cd com a música executada durante o carnaval “Abanaê”.

Tudo isso e muito mais o público poderá presenciar neste sábado à noite, a partir das 22h no Porto Geral.