Comédia familiar é atração da segunda noite do teatro no FPA

A peça “Socorro, minha casa é uma comédia” foi a atração de ontem da II Mostra de Teatro de Corumbá. A exemplo do que ocorreu na abertura do evento, um grande público assistiu atento ao espetáculo apresentado pelo grupo Palco, de Campo Grande. Mais de trezentas pessoas lotaram o teatro de arena montado na orla do Porto Geral.

“Aqui em Corumbá temos uma sorte muito grande. O público sempre comparece aos espetáculos, mesmo com chuva ou até mesmo quando ocorre uma mudança inesperada de local. O povo daqui gosta de arte”, comentou Espedito Montebranco, autor, diretor e ator da peça. “Aqui também há respeito pelo artista do Estado, o que é raro em Mato Grosso do Sul. Os atores daqui são tratados praticamente da mesma forma como os de fora”, continuou o autor.  

 

Com apenas três apresentações, todas em Campo Grande, esta foi a primeira vez que o espetáculo foi exibido em uma cidade do interior. “Socorro, minha casa é uma comédia” mostra o lar de uma típica família brasileira, com seus problemas e costumes. Os espaços “apertados” que a classe média baixa divide em casas de conjuntos habitacionais compõem o cenário e o universo da comédia.

 

O enredo traz contradições, medos, violência urbana, convívio social, preconceito, machismo, homosexualismo e religião, além das influências da mídia, temperando estes relacionamentos, mas, tudo, com”muito bom humor”.  Um dos pontos altos da comédia é o fato de chamar a atenção dos espectadores para a influência que a televisão exerce sobre a família.

 

Além do próprio Espedito, Camilah Brito, Jurema de Castro e Rodrigo Copat compõem o elenco da peça. Bruno Moser é o responsável pela operação da sonoplastia e Anderson Lima (Bin Laden) pela operação de luz de. A preparação corporal é de Franciella Cavalheri.