Café da manhã especial comemora dia mundial da alimentação

 Clóvis Neto/PMC

  

 Palestra passou orientações sobre como reaproveitar alimentos

Café da manhã especial para pacientes do programa Hiperdia (Hipertensão Arterial e Diabetes), da unidade Estratégia de Saúde da Família do bairro Aeroporto, comemorou, nesta terça-feira, 22 de outubro, o Dia Mundial da Alimentação. A atividade teve como objetivo esclarecer a importância de adotar alimentos saudáveis em todas as refeições diárias.

O cardápio servido aos pacientes foi produzido a partir de receitas alternativas que tinham como base o reaproveitamento de cascas; semente e talos de frutas; verduras e legumes. Para degustação foram preparados patê de berinjela; bolos de tomate; de cenoura, laranja e beterraba; maçã com canela e um refrescante suco de couve, além de diversas frutas.

As equipes do posto de saúde ainda distribuíram receitas de alimentos que podem ser produzidos a partir do reaproveitamento de talos picados; cascas de chuchu; banana e de melancia ralada, por exemplo. Os pacientes ainda assistiram um DVD sobre como manter uma vida saudável primando pela boa alimentação.

A atividade desta manhã – idealizada pela nutricionista Iluska Giédre juntamente com a enfermeira Juliane Cordeiro e equipes da unidade – também ensinou a combater o desperdício e deu dicas de conservação dos alimentos.

Entre as orientações repassadas as principais dão conta da necessidade de se optar por hortaliças e frutas da época; comprar apenas o necessário para o consumo; aproveitar integralmente os alimentos. A água do cozimento dos legumes é rica em nutrientes e serve para preparar molhos e ensopados; guardar as hortaliças em sacos plásticos na parte de baixo da geladeira, de preferência a legumes com as ramas, pois demoram a estragar e sempre lavar e higienizar antes de ser armazenado com outros alimentos limpos.

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado por mais de 150 países em 16 de outubro com objetivo de elevar os níveis de nutrição e desenvolvimento rural. No Brasil, as comemorações foram ampliadas para a Semana entre os dias 16 e 22 de outubro.

Hiperdia

Para atender aos portadores de Hipertensão e Diabetes, o Ministério da Saúde possui o Programa Nacional de Atenção a Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus (hiperdia). O programa compreende um conjunto de ações de promoção de saúde, prevenção, diagnóstico e tratamento desses agravos, de seus fatores de risco e suas complicações e, também, um sistema de informação informatizado de cadastro e acompanhamento dos hipertensos e diabéticos da rede básica do SUS.

O objetivo é reduzir os gastos com as complicações dessas doenças, sobretudo em relação às doenças cardiovasculares, reduzindo o número de internações, a mortalidade ou aposentadorias precoces, a procura por pronto-atendimento, além de melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Por meio do Programa Nacional de Atenção a Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus, o Ministério da Saúde garante ainda aos hipertensos e diabéticos o fornecimento dos medicamentos. (Com informações do Ministério da Saúde).