Vacina contra rubéola já está disponível em Corumbá

 Divulgação

  
Vacina contra a rubéola já pode ser encontrada nas unidades de saúde

A Prefeitura de Corumbá está disponibilizando a partir de hoje, terça-feira, 5 de agosto, a vacina contra a rubéola. É o que informa o responsável técnico do Programa de Imunização da Prefeitura, enfermeiro Wangley Bento de Campos, da Secretaria Executiva de Saúde. Ele lembra que, apesar da campanha estar programada para iniciar no sábado, dia 9 de agosto, quer comparecer às unidades de saúde, já terão a vacina à disposição.

Outra informação é que a Prefeitura elaborou uma programação para atender as empresas existentes na cidade. Nesta terça-feira, a imunização contra rubéola atende os funcionários da Siderurgia. Amanhã, 06, será na MMX; dia 07, quinta-feira, na Vale, e dia 08, sexta-feira, da Equipe Engenharia e Rio Tinto.

Outras empresas existentes na cidade estão agendadas para a próxima semana. Nesta ação, a Saúde está disponibilizando um vacinador e um agente de saúde. No último sábado, foram imunizados 400 homens no presídio masculino, e 55 mulheres no feminino. O trabalho conta com apoio do SESI e de acadêmicos do curso de Enfermagem da Uniderp Interativa de Corumbá.

Para sábado, a Prefeitura vai utilizar a mesma estrutura montada para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil. A vacinação é dirigida a homens e mulheres com idade entre 20 e 39 anos. A meta é atender 32.261 pessoas contra a doença, 16.262 do sexo masculino e 16.199 do sexo feminino. 

A vacinação será oferecida no sábado, dia 9, nos 20 postos montados para vacinação de crianças – até cinco anos – contra a paralisia infantil, das das 08h às 17h. A vacina contra a rubéola seguirá durante todo o mês e terá o Dia D (definido pelo Ministério Saúde) no sábado, 30 de agosto, quando 15 unidades de saúde funcionarão em Corumbá, no período das 08h às 17h.

A estratégia faz parte da Campanha Nacional de Vacinação para Eliminação da Rubéola, desenvolvida pelo Ministério da Saúde. Gestantes e pessoas que foram vacinadas há menos de trinta dias estão isentas da imunização. A Secretaria de Saúde informa ainda que é importante apresentação de carteira de identidade, carteira de motorista, CPF ou outros documentos para facilitar a carteira de vacinação.