Saúde quer participação maciça na vacinação contra rubéola

O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação para Eliminação da Rubéola, neste sábado, 30 de agosto, terá 18 postos de imunização contra a doença em Corumbá. A estratégia de ação foi apresentada pelo secretário Executivo de Saúde Pública, Cleber Colleone, durante uma entrevista coletiva no final da manhã desta sexta-feira, dia 29, no auditório da Secretaria Executiva de Educação. Ele pediu a participação maciça da população na campanha.

Para cumprir a meta de imunização, de 32.461 pessoas (sendo 16.262 homens e 16.199 mulheres), com idades entre 20 e 39 anos, além das 14 unidades básicas de saúde, a Secretaria de Saúde terá equipes com vacinadores em três supermercados (Frutal; Panoff Center e Panoff Matriz) e na Casa Rio Tinto, no período das 08h às 17 horas.

Colleone informou que até a quinta-feira, dia 28, Corumbá registrava cobertura vacinal de 38,05% da meta estipulada, com total de 12.351 pessoas imunizadas. O maior índice de vacinação, até o momento, é do público feminino com 7.113 mulheres vacinadas, o que corresponde a 43,91% do total previsto. No universo masculino o índice cai para 32,21% com 5.238 homens vacinados.

A cobertura vacinal completa será atingida com a conscientização da população argumentou o secretário de saúde ao enfatizar que o Município massificou o serviço. “Todos os esforços estão sendo feitos para vacinarmos 100% da nossa meta estabelecida. Então, reforço o pedido para a população, que ainda não vacinou, comparecer aos postos. Não será por falta de oferecer a vacina que a meta não será coberta”, afirmou.

Um cronograma de vacinação em universidades; escolas; igrejas e empresas foi cumprido pela Saúde. Nesta sexta-feira, vacinadores imunizam funcionários e clientes das agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Gestantes e pessoas que foram vacinadas há menos de trinta dias estão isentas da imunização.

O secretário Cleber Colleone reforçou ainda que a vacinação é “de extrema importância” e garante o nascimento de crianças saudáveis.  A imunização evita a Síndrome da Rubéola Congênita (SRC), que é a infecção do feto pelo vírus da rubéola, causando um conjunto de má-formação, em especial quando ocorre no primeiro trimestre da gravidez.

A Campanha Nacional de Vacinação para Eliminação da Rubéola vai até o dia 12 de setembro. E para o dia 07 de setembro – feriado de Independência do Brasil – um trailer da Secretaria Executiva de Saúde Pública oferecerá a vacina contra a rubéola durante o desfile cívico-militar no Centro da cidade. Após o encerramento da campanha nacional, se houver necessidade, a Secretaria dará início a uma terceira etapa da imunização buscando a parcela da população que não foi vacinada.