Campanha de vacinação contra rubéola é intensificada na cidade

A Prefeitura de Corumbá vai disponibilizar 14 postos de vacinação fixos, além de uma unidade volante no próximo sábado, Dia D, para atingir a meta de vacinar 32.261 pessoas contra a rubéola. A imunização faz parte de uma estratégia da Secretaria Executiva de Saúde Pública, que demonstra preocupação com o baixo índice atingido até o momento.

A campanha, desenvolvida a nível nacional, foi aberta dia 9 de agosto. Antes, a saúde já havia imunizado homens e mulheres internos nos presídios da cidade. No entanto, durante este período, o índice alcançado está abaixo da expectativa. O último levantamento apontou 10.200 pessoas imunizadas, em torno de 32%. Isto levou a equipe da saúde a adotar estratégias, iniciada na semana passada, através da vacinação nas escolas e no comércio, no período noturno.

Os trabalhos aconteceram nas escolas Júlia Gonçalves Passarinho (JGP), Pedro Paulo de Medeiros e Maria Helena Albaneze. Hoje e amanhã, será no Tenir Uniderp Interativa. Na quinta, dia 28, na escola João Leite de Barros e na Faculdade de Santa Teresa; no dia 29, na funerária Cristo Rei; dia 30, no supermercado Panoff da Dom Aquino; no dia 01 de setembro, na Andorinha Cargas; dias 02 e 03, na Faculdade Unipar; no dia 06, no Panoff da Popular Nova, e no dia 08 de setembro, no Panoff da América.

Além disso, a Prefeitura está articulando vacinação da população ribeirinha com apoio da Marinha, de Corumbá até a barra do São Lourenço, na divisa com Mato Grosso. A campanha é destinada a homens e mulheres com idade entre 20 e 39 anos.

Os números atuais preocupam o secretário de saúde, Cléber Colleone. Segundo ele, a população alvo dá mostra de não estar preocupada em se imunizar contra a rubéola, “uma doença grave, que pode acometer mulheres grávidas e causar malformação congênita no feto, provocando cegueira, surdez, retardo mental ou problemas cardíacos no bebê”, reforça.