Seresta na praça relembra 50 anos da Bossa Nova

Artistas corumbaenses fazem nesta sexta-feira, uma homenagem aos 50 anos da Bossa Nova no Brasil. Será durante a Noite da Seresta no Jardim da Independência, a partir das 20h. A realização é da Prefeitura Municipal, através da Fundação de Cultura do Pantanal.

Estão confirmadas as presenças de Lucinha Philbois, Lú Barreto, Evandro, Elizeth, Tânia Dallas, Tânia Morroni e Ramão Ibrahin. Ele relembrarão canções que marcaram época no Brasil, especialmente de João Gilberto, Vinícius de Morais, Tom Jobim, Carlos Lyra e muitos outros.

A Bossa Nova é um movimento da música popular brasileiro que surgiu no final da década de 50 e início dos anos 60. Se tornou um dos gêneros musicais brasileiros mais conhecidos em todo mundo, especialmente associado a estes ícones da música brasileira.

A primeira canção gravada foi em 1958, por Elizete Cardoso, “Canção do Amor Demais”, letra de Vinícius de Moraes e apoio musical de Tom Jobim e João Gilberto. Abriu caminho para o ritmo brasileiro mais conhecido e gravado pelo mundo.

No dia 25 de janeiro de 2009, data do aniversário de Tom Jobim, os maiores representantes da bossa-nova no país pretendem realizar o Dia Nacional da Bossa Nova, com show reunindo todas as gerações de cantores do ritmo.