Saúde quer população na luta contra doenças endêmicas

O controle da raiva e da leishmaniose, doenças endêmicas na região, deve ter a participação efetiva da população quanto às condições sanitárias de seus animais, vacinando-os periodicamente ou durante as campanhas e comunicando ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) mudanças de comportamento dos mesmos.

Esse trabalho de orientação e de conscientização dos donos de cães e gatos era intensificado pela subsecretaria municipal de Saúde Pública, esclarecendo dúvidas e a função profilática da carrocinha e os cuidados básicos para manter o animal imune às doenças.

“Não podemos perder esse foco, e o envolvimento da população é fundamental para estabelecermos a barreira imunológica”, alertou o secretário Cleber Colleone.

A estratégia da ação para fortalecer o combate a raiva e leishmaniose foi discutida em reunião do secretário com o pessoal do CCZ. Com o apoio dos meios de comunicação, o município pretende massificar a campanha de orientação em relação aos cuidados que a população deve ter com os animais domésticos.