Notícias Notícias

 

Procon ampliou atendimento e se destacou na defesa do consumidor

10 de Janeiro de 2018 - 09h05

Andréa Sampaio vai exercer agora função de analista judiciária na PGM. (Foto: Renê Marcio Carneiro) Andréa Sampaio vai exercer agora função de analista judiciária na PGM. (Foto: Renê Marcio Carneiro)

No ano de 2017, a Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) realizou diversas atividades e ampliou quantidade de serviços, mesmo com equipe reduzida. O total de 2.510 procedimentos realizados corresponde a mais de 30% de aumento no atendimento no comparativo com 2016, quando foram feitos 1.737. O Procon, por meio da diretora-executiva Andréa Sampaio, participou de eventos estaduais, atualizou consumidores com informações, aplicou multas e notificações quando necessário.

 

No comparativo com 2016, a emissão de Cartas de Informações Preliminares subiu em mais de 40% (de 969 para 1.539). Com relação à abertura direta de reclamação, houve 97, enquanto no ano anterior apenas 20. Foram 865 atendimentos preliminares, dois encaminhamentos para fiscalização, sete consultas simples e nenhum atendimento cancelado. Foram realizadas 445 audiências de conciliação, sendo que 97 correspondem a Abertura Direta da Reclamação e 348 tiveram origem em CIP.

 

“O ano de 2017 foi simplesmente fantástico para o Procon. Assumimos com uma equipe extremamente reduzida, sem fiscais e veículo, mas com pessoas que estavam por amor ao trabalho e ao Procon, totalmente dedicados e comprometidos. Sabemos que a Prefeitura já vinha atravessando período de crise financeira, mas, ainda assim, com equipe menor e aumento da demanda, fizemos um bom trabalho. Pelos números podemos ver claramente que foram quase 800 atendimentos a mais com relação ao ano anterior. Dentro da nossa limitação, com pouca estrutura e pessoal, utilizando veículo próprio, fizemos as coisas acontecerem”, destacou Andréa Sampaio.

 

Além das atividades cotidianas, o Procon buscou aprimorar a divulgação de informações pertinentes e atualizadas para o consumidor. Em evento estadual, ocorrido em setembro, o Procon de Corumbá se destacou pela atuação em defesa dos interesses do consumidor contra empresas de telefonia e agências bancárias. Também orientou a população quanto à troca de caixas eletrônicos, com relação à greve dos Correios e troca do sinal analógico. Notificou bancos, orientou sobre Black Friday e aplicou multas quando necessário. Quando a Secretaria Nacional do Consumidor emitiu parecer sobre cobrança diferenciada para mulheres em eventos, o Procon de Corumbá emitiu explicações e orientou sobre débitos indevidos cobrados por concessionárias.

 

Procon conta agora com nova direção

 

Conforme Portaria Nº 78, de 09 de janeiro de 2018, o Procon vai contar agora com novo diretor-executivo, Alexandre Vasconcellos, que já havia sido responsável, em anos anteriores, pela pasta. A advogada Andréa Sampaio, servidora de carreira do Município, exerce agora o cargo de analista judiciária na Procuradoria Geral do Município (PGM). São mais de cinco anos como servidora em Corumbá, além dos 20 anos anteriores como servidora da Prefeitura de Ladário. São cerca de 26 anos trabalhando com o público, sempre como funcionária concursada.

 

“Entendemos que o serviço público a gente escolhe. Se você escolheu isso, você escolheu servir ao público e isso significa abdicar de muitas coisas, abrir mão muitas vezes do convívio da família para trabalhar para o povo porque é o povo que paga o nosso salário e, por isso, deve ter prioridade. Às vezes, perdemos até um pouco da nossa privacidade no dia a dia e em redes sociais, mas a gente atende ao público com todo prazer. O serviço público para mim é minha vida. Eu me senti muito honrada por ter sido convocada pelo prefeito Ruiter na data de posse, sem nem me perguntar se eu queria. Procurei me dedicar bastante na defesa do consumidor e agora essa será função do meu colega, Dr. Alexandre, e tenho certeza que vai fazer um excelente trabalho. Ele já conhece o Procon de longa data e era o gerente do Procon na época em que assumi o concurso em Corumbá, em 2012. Já trabalhamos juntos e sei que ele é extremamente competente”, afirmou Andréa Sampaio.

 

“Estou indo para a PGM, que de fato é minha origem e que para mim é um novo desafio porque quando passei no concurso fui direto trabalhar junto ao Procon, foram cinco anos trabalhando na Defesa do Consumidor. Eu me orgulho muito do serviço público e sei que na PGM vou ter condições de somar. A demanda é muito grande e para mim é uma honra poder continuar trabalhando no serviço público, mas agora nos bastidores, ao invés do contato com a população, o que me entristece um pouco. Durante 25 anos sempre trabalhei em contato direto com a população e isso me deixa com coração partido, mas faz parte”, finalizou a advogada.


Voltar Imprimir Enviar Por Email

Notícias Outras Notícias

 

Campanhas Campanhas

 
http://do.corumba.ms.gov.br/corumba
Ouvidoria Geral
Ouvidoria da Saúde