Notícias Notícias

 

Corumbá encaminha projeto para criação da Universidade Federal do Pantanal

08 de Novembro de 2013 - 15h28

Senador recebeu projeto e se comprometeu  a buscar implantação UFPAN (Foto: Kléverton Velasques) Senador recebeu projeto e se comprometeu a buscar implantação UFPAN (Foto: Kléverton Velasques)

Um grupo formado por professores universitários, vereadores e o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, entregou na manhã desta 6ª feira, 08 de novembro, o projeto de criação da Universidade Federal do Pantanal (UFPAN) para o senador Delcídio Amaral.

 

A intenção do grupo é conseguir apoio político em esfera federal para transformar o atual Campus do Pantanal, unidade da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul em Corumbá, numa universidade autônoma com possibilidade de criação de novos cursos (graduação e pós-graduação) voltados para a realidade local.

 

De acordo com os argumentos dos defensores do projeto, a implantação da UFPAN traria nova possibilidade de investimentos em espaço físico e pesquisas, além da fixação de professores efetivos na unidade de ensino superior local, o que hoje ainda é um grande problema na instituição.

 

Liderando o grupo, o prefeito Paulo Duarte destacou que a causa da UFPAN precisa ser defendida por toda a sociedade corumbaense e se comprometeu a somar com o movimento.

 

“Não existem mais questões de problemas serem de determinada esfera. É uma questão de todos nós, é mais uma força que se une: o senador Delcídio. Tenho agenda com a ministra Gleice Hoffman, (Casa Civil) e vou entregar uma cópia para ela dessa solicitação. Esse é um grande sonho da comunidade corumbaense, mas ele só vai acontecer se todos tiverem trabalhando juntos por isso o engajamento do senador Delcídio nessa causa que é para as cidades de Corumbá, Ladário e região do Pantanal”, disse o prefeito.

 

A proposta da UFPAN traz a oferta de novos 16 cursos de graduação. São eles: Agroecologia; Arquitetura e Urbanismo; Artes Visuais; Biblioteconomia; Ciências Biológicas (bacharelado); Enfermagem; Engenharia Civil; Engenharia de Minas; Engenharia de Pesca; Engenharia Naval; Farmácia e Bioquímica; Fisioterapia; Fonoaudiologia; Geologia; Letras (habilitação em Libras) e Medicina (bacharelado).

 

Ao receber o documento, o senador Delcídio do Amaral se comprometeu a empreender esforços para a implantação desse novo momento para a educação superior no município de Corumbá. Ele ressaltou o potencial que a cidade oferece para se tornar referência em áreas específicas do conhecimento devido a suas características singulares.

 

“Eu sou um defensor da UFPAN em Corumbá pela sua diversidade e tudo o que essa cidade representa. Acho que nós temos tudo para desenvolver aqui um centro de estudos, qualificar pessoas que olham essa questão de engenharia ambiental, de sustentabilidade, que desenvolvam atividades econômicas conservando a riqueza natural que Corumbá tem. Podemos criar aqui uma universidade de excelência focada na realidade do Pantanal e da fronteira com possibilidade de investimentos olhando o Pacífico e a Ásia”, observou ao lembrar.

 

“Evidentemente que isso não acontece da noite para o dia, mas eu não tenho dúvida potencial extraodinário. Eu que já batalhei por outras universidades, extensões da UFMS, vou batalhar por isso”, afirmou.


Voltar Imprimir Enviar Por Email

Notícias Outras Notícias

 

Campanhas Campanhas

 
http://do.corumba.ms.gov.br/corumba
Ouvidoria Geral
Ouvidoria da Saúde