Notícias Notícias

 

Com apoio de universitários, Santa Casa reabre brinquedoteca na pediatria

10 de Outubro de 2018 - 11h23

Brinquedoteca foi reinaugurada nesta quarta-feira (Foto: Renê Marcio Carneiro) Brinquedoteca foi reinaugurada nesta quarta-feira (Foto: Renê Marcio Carneiro)

Foi reinaugurada nesta quarta-feira, 10 de outubro, a brinquedoteca da Santa Casa de Corumbá. O espaço foi recuperado com o apoio de alunos do curso de Pedagogia do Campus do Pantanal (CPAN) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

 

“É um projeto que possibilita tirar o estigma do leito hospitalar, tirar essa situação de sofrimento nos tratamentos relacionados à pediatria. Trazer um ambiente lúdico, trazer um ambiente que possa fazer com que a criança se sinta protegida, com atendimento acolhedor, humanizado e tenha uma recuperação mais rápida, favorecendo assim sua saída do hospital e o retorno do seu bem estar”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite, que representou o prefeito Marcelo Iunes no evento.

 

Diretor-geral do hospital, Marcelo Ferreira parabenizou toda a equipe envolvida na ação. “Quero agradecer todos os envolvidos nesse projeto lindo e maravilhoso. É um ambiente gostoso, bom e que humaniza ainda mais nosso hospital”, destacou.

 

A reestruturação da brinquedoteca fez parte do projeto Panaceia, desenvolvido por acadêmicos do curso de Pedagogia em parceria com a psicóloga e responsável técnica Eva Mateus.

 

Além de revitalizar e reativar a brinquedoteca hospitalar, o projeto busca, por meio de práticas pedagógicas, conscientizar a todos que se pode levar atenção, amor e autoestima naquele ambiente, visando amenizar o clima rotineiro do âmbito hospitalar. Outro objetivo é ampliar a parceria com novos voluntários, deixando livre o espaço para receber acadêmicos de todos os cursos que queiram participar.

 

“Tínhamos que procurar um lugar onde a gente pudesse desenvolver um projeto com as crianças. Tivemos o consenso de fazer esse trabalho no hospital. Procuramos o setor responsável, que é a Pediatria, e nos encontramos com a psicóloga Eva Mateus, que é a responsável técnica aqui dentro do hospital”, enfatizou Giane Paula, aluna do segundo semestre da disciplina Práticas Pedagógicas do curso de Pedagogia.

 

“Essa brinquedoteca serve para quebrar a rotina do ambiente hospitalar. Para a criança tem muitos benefícios, pois o leito hospitalar traz dores, choros, então o brincar, por si só, já é uma terapia”, complementou a psicóloga Eva Mateus. A atividade teve também a presença da turma do Meu Amiguinho, revista que há mais de 60 anos ajuda na alfabetização de crianças.  


Voltar Imprimir Enviar Por Email

Notícias Outras Notícias

 

Campanhas Campanhas

 
http://do.corumba.ms.gov.br/corumba
Ouvidoria Geral
Ouvidoria da Saúde